• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Viva a Beata Nhá Chica

Veja mais notícias

nhachicaA beatificação de Francisca de Paula de Jesus, a Nhá Chica, foi o primeiro passo para que o Brasil tenha a sua primeira santa leiga. A cerimônia, realizada dia 4 de maio, em Baependi (MG), reuniu mais de 40 mil pessoas.  O ritual de canonização foi presidido pelo prefeito da Congregação para a Causa dos Santos no Vaticano, cardeal Angelo Amato. O bispo da diocese de Campanha (MG), dom Diamantino Prata de Carvalho, e o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Aparecida (SP), cardeal Raymundo Damasceno Assis, também estiveram presentes, além de outros bispos, arcebispos, religiosos e autoridades civis e militares. Pe. Inocencio Xavier, Administrador diocesano de Caraguatatuba esteve presente.

Dom Diamantino acredita que o processo de beatificação  sirva como estímulo para a vida cristã, pautada em boas ações, gestos concretos e de promoção da justiça, da fraternidade e da paz. “Nhá Chica é modelo para todos os brasileiros”. No dia 14 de junho está sendo preparada uma festa para celebrar a memória da beata, que é filhos de escravos, dedicou-se prática da caridade e da oração e faleceu em 1895.  Saiba mais http://www.beatificacaonhachica.com.br/

A beatificação de Nhá Chica foi autorizada a partir do trabalho de análise da cura de uma professora da cidade de Caxambu (MG), reconhecida como milagre. O próximo passo no processo é a canonização, que reconhece a santidade da bem-aventurada. Para isso é necessário que o Vaticano comprove outros dois milagres de Nhá Chica.credito Jornal SantuarioNha Chica credito BrNoticias