• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Rotary Clube do Poiares, Hospital Stella Maris e Hemonúcleo promovem Campanha de doação de sangue no próximo dia 20

Veja mais notícias

O Rotary Poiares, o Hospital Stella Maris e o Hemonúcleo de Taubaté realizam no próximo dia 20, das 10h s 12h, no Corpo de Bombeiros de Caraguá uma campanha de doação de sangue. A expectativa é receber até 120 doadores.

A falta de estoque de sangue em um hospital pode levar ao cancelamento de cirurgias e procedimentos. Portanto, a doação voluntária é o que garante o bom funcionamento de um hemocentro.  Para doar é preciso apresentar um documento de identificação, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde.

Não podem doar: Pessoas que contraíram alguma doença infecto contagiosa (transmissíveis pelo sangue); fizeram uso de bebidas alcoólicas, drogas e medicações nas últimas 12 horas; mulheres grávidas, até seis meses após o parto e amamentando; quem tomou vacinas nos últimos 30 dias ou apresentou convulsão na fase adulta. E quem fez tatuagens e piercings devem esperar um ano.

Dormir no mínimo seis horas na noite anterior e evitar comer alimentos ‘pesados’, gordurosos e derivados de leite são atitudes importantes. Após a doação é necessário beber bastante líquido e evitar atividades físicas e esforço.

Para repor as energias será oferecido um lanche que irá auxiliar na hidratação dos doadores. Uma única doação pode salvar até quatro vidas e podem ser utilizados em diversas situações clínicas.

Serviço:

Campanha de doação de sangue

Data: 20/09/2012

Horário: Das 10 s 12h

Local: Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba – Av. Vereador Aristides Anísio dos Santos, 393 – Indaiá

 

Quem pode doar:

Homem ou mulher que apresentem as seguintes condições:

– Peso igual ou superior a 50kg;

– Idade entre 16 e 67 anos (menores de 18 anos necessitam de autorização dos pais ou responsáveis);

– Estar alimentado;

– Intervalo entre as doações de 60 dias para homens e 90 para mulheres;

– Mulheres fora do período gestacional, 3 meses após o parto ou fora do período de amamentação;

– Estar bem de saúde;

– Não ter tido hepatite após 10 anos de idade;

– Não ter doença de Chagas ou contato com o inseto “barbeiro”

– Não ser portador de epilepsia;

– Não ter feito tratamento dentário nas últimas 72 horas;

– Não ter diabetes.