• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Palavras do Pastor Dom José Carlos – Fev/Mar

Veja mais notícias

Caríssimos irmãos e irmãs,

As festas do final do ano nos fizeram sonhar e desejar um mundo melhor. Todos estávamos cheios de esperança de que realmente poderíamos iniciar um tempo novo.

Mas… que é isso que estamos presenciando? Quem semeia vento, diz o ditado popular, colhe tempestade. O que se passa diante de nossos olhos perplexos na verdade é o resultado de vidas, s vezes tão jovem, que passaram somando rixas, falta de amor e de referências a valores humanos e sociais. Não é esse aí o mundo sonhado pelo Criador, não tenho dúvida disso. Em nome da soberania a vida humana não conta. Em nome da liberdade de opinião tudo é permitido. Parece-me haver aí algum equívoco. O dom inestimável da vida e da liberdade devem sim seguir por caminhos que as levem a uma plena realização. Isso supõe, em si mesmo, critérios e limites sem os quais tudo pode virar uma aberração.

Nossa diocese não vai fugir da luta pela paz e pela dignidade humana de cada pessoa. Por isso faremos a nossa parte por um mundo melhor acolhendo com os Bispos do Brasil a proposta de fazer de 2015 o “Ano da Paz”.

Enquanto muitos continuarão a fugir das responsabilidades por um mundo mais humano, justificando que o carnaval é caminho de mudança da sociedade, quando na verdade, estão enchendo suas vidas de ruídos e de excessos em todos os sentidos. Procuraremos através do tempo forte da Quaresma mais reflexão e oração que nos permitirão assumir nossa vida com muito mais dignidade e respeito. A Semana Santa nos leva a olhar para o exemplo maior de doação e amor. Tempo de Páscoa é tempo de renovação da vida, não através das bombas, da depredação do bem público, mas da renovação de nossa maneira de pensar e de agir.

Estaremos iniciando na prática nosso Projeto Diocesano de Pastoral “Construindo comunhão”, a través da realização do censo diocesano. Nossas famílias todas serão visitadas para podermos tomar consciência da nossa realidade. Assim iremos construir um mundo novo a começar pela nossa diocese, não baseados em fantasias e ilusões, mas acolhendo a realidade sócio–econômico-religioso do nosso Litoral Norte. Como será bom e prazeroso trabalhar em cima de nossa realidade concreta. Os frutos acabarão sendo verdadeiros e não ilusórios de tudo o que iremos realizar daqui para frente.

Que o Divino Espírito Santo nos anime a caminhar numa mesma direção, esta da construção da unidade em nossa Diocese, juntando e somando forças. Quando somos capazes de unir esperanças e sonhos, o caminho torna-se mais alegre. Semeemos unidade para colhermos a mais bela obra de evangelização.

Deus nos abençoe a todos.

Dom José Carlos Chacorowski CM
Bispo Diocesano de Caraguatatuba SP