• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

“Não me alimento de rancores. A saúde do corpo depende do que oferecemos ao espírito.” (Pe Fabio de Melo)

Veja mais notícias

O ser humano é um ser de possibilidades, dotado de várias dimensões, que integradas entre si, formam a pessoa na sua totalidade. Embora seja ele um ser de múltiplas dimensões elas não podem, e não devem ser separadas. Sua totalidade e integração é que formam a pessoa humana. A igreja e a Palavra de Deus ensinam que somos dotados de corpo, alma e espírito. Que esta integração é responsável pela vida e felicidade humanas. Se o corpo está bem com ele devem estar a alma e o espírito. Eles não agem separadamente. O corpo se refere a tudo aquilo que é material, natural em nós; a alma diz respeito nossa psiqué, sentimentos, emoções; e, o espírito, a nossa capacidade de viver as coisas espirituais, abertura e desejo de Deus, abertura ao transcendente, desejo do Infinito. Cuidar e integrar estas dimensões favorece que a pessoa esteja integrada com sua própria história, com a natureza e com Deus, podendo assim, viver com mais saúde, disposição e  realizar no mundo a sua missão e vocação. Cuidar de nossas vidas por inteiro e não apenas de algumas situações isoladas fazem aumentar nossa saúde, nossa compreensão de quem realmente somos e nos possibilita um trabalho mais amadurecido sobre nós mesmos, percebendo nossas limitações e talentos e colocando todo nosso ser a serviço da vida e da comunidade. Que nenhum rancor ou dor do passado sejam suficientemente capazes de interromper ou atravancar nosso crescimento. Se Deus nos compreende e entende porque não oferecermos uma chance a nós ou a nosso próximo? Se Ele é por nós, quem será contra nós?!

Seminarista Bruno César de Almeida Silva, Diocese de Caraguatatuba