• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Diocese de Caraguatatuba na luta contra o Tráfico de Pessoas

Veja mais notícias
10001540_523316624452374_452122878_n DSC05733Dom José Carlos Chacorowski, bispo da Diocese de Caraguatatuba,  foi enfático durante a entrevista coletiva sobre a Campanha da Fraternidade nesta quinta-feira, 6,  que neste ano fala sobre o crime de Tráfico de Pessoas: ” A Igreja deve envolver-se nesta questão e através das nossas comunidades, alertar as famílias para este crime. A situação de vulnerabilidade pode dar chances a este crime e nós estamos próximos das famílias. Como Igreja temos o nosso papel social e evangelizador na defesa da vida”.

A abertura oficial da Campanha da Fraternidade teve também a participação da jornalista e articulista nas questões de tráfico de mulheres, Priscila Siqueira. Segundo ela, já na década passada foi detectada rota de tráfico na Via Dutra e “fornecimento” de mulheres pelo Sul de Minas Gerais, Vale do Paraíba e Litoral Norte: ” Este é um crime silencioso e difícil de contabilizar, mas faz parte da nossa realidade. Não é apenas o tráfico para fins sexuais que nos preocupa, mas também o trabalho escravo, de extração de órgãos e para adoção”, disse ela.

 Pe. Moises do Nascimento, coordenador da CF na Diocese de Caraguatatuba falou da importância de uma mobilização social no combate ao tráfico: ” Nossa Diocese estará encaminhando ao senhor Governador do Estado de São Paulo, um abaixo assinado pedindo a reativação do Comitê Regional de Combate ao Tráfico, desativado ha mais de um ano”. O documento, assinado ontem pelo bispo diocesano, aguarda agora as assinaturas que estarão sendo coletadas através das paróquias da Diocese de Caraguatatuba já a partir deste final de semana.
À noite, na Catedral Divino Espírito Santo, Dom José Carlos presidiu a Missa de abertura diocesana da CF 2014, com a presença do clero diocesano.