• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Carreata de São Cristóvão e bênção dos motoristas

Veja mais notícias

5975157955_f6c9eb204f_z 5975716526_5ebca4d58c_bNesta sexta-feira,25 de julho, a Igreja celebra o Dia de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Em Caraguatatuba a tradição de carreata e bênção dos veículos foi iniciada na década de 80. Após alguns anos de paralisação, foi resgatada pelo Pe.Mauro José Ramos, em 2011, dentro do período em que se vive a Década de Ação pelo Trânsito Seguro(*).
A programação este ano acontece em 4 pontos da cidade:

Paróquia Nossa senhora da Visitação, Massaguaçu, logo após a Missa das 19h30, bênção de veículos e motoristas no páteo da igreja; na região sul: Paróquia São José, no Morro do Algodão, por ocasião da peregrinação da imagem de Anchieta, a bênção das chaves dos veículos será dada ao final da Missa das 19h30. Na Paróquia N Sra.da Glória a bênção acontecerá logo após a Missa das 19h30.

Já as paróquias São João Batista (Poiares), Catedral Divino Espírito Santo (Indaiá), Santo Antonio (Centro) e Santa Terezinha (Martim de Sá), sairão em carreata a partir do Poiares as 17h passando pelo centro da cidade, em direção Avenida da Praia, nas proximidades da Praça de Eventos onde os padres estarão abençoando veículos e motoristas das 18h s 20h.

História – São Cristóvão da Pedra Santa

Quem chega a Caraguatatuba encontra na Praça 1º Centenário, Trevo de acesso á cidade, uma pequena imagem de São Cristóvão, recepcionando os motoristas que se dirigem ao Litoral norte. Poucas pessoas entretanto conhecem a história deste marco.

Corria o ano de 1983. À época, o jornalista Roberto Espíndola era vice-presidente da associação das Emissoras de radio e Televisão do Estado de São Paulo, e no desempenho de sua função costumava viajar pelo interior de São Paulo, visitando as emissoras de rádio. Numa dessas viagens envolveu-se num grave acidente, mas invocando a proteção de São Cristóvão, conseguiu sair ileso. Em sinal de gratidão, assumiu o compromisso de trazer para Caraguatatuba a imagem do padroeiro dos motoristas, de forma a que pudesse ser reverenciado pelos que estão ao volante, estendendo a todos a sua proteção.

A imagem veio, em carreata, da antiga igreja de São Cristóvão, que fica no bairro de Campos Elíseos, em São Paulo, no dia 25 de julho, data do padroeiro, e foi recepcionada pela população no alto da serra, junto ao posto Rodoviário, onde se incorporaram á carreata centenas de carros e caminhões.

Uma grande pedra foi retirada da Pedreira Massaguaçu e fixada com concreto no trevo de acesso, para compor, juntamente com a imagem, o Monumento a São Cristóvão. Numa cerimônia religiosa realizada no local,  a imagem foi abençoada por padres da Congregação do Sagrado Coração de Jesus que, convidados, vieram de Taubaté para a bênção.

Assim tomou forma a tradicional Carreata de São Cristóvão que por muitos anos foi realizada com o apoio de alguns padres locais, mas aos poucos, acabou caindo no esquecimento. O nome de São Cristóvão da Pedra Santa foi dado carinhosamente pelo jornalista Lázaro Macedo, já falecido, e que também alcançou uma graça. Esta história não estaria completa se não nos referíssemos senhora Zenaide Conceição, devota de São Cristóvão, que há anos cuida do local e da imagem, numa demonstração de fé e agradecimento.

Década de Ação pelo Trânsito Seguro 2011-2020

Foi lançada nesta quarta-feira (11/05) a Década de Ação pelo Trânsito Seguro 2011-2020, na qual governos de todo o mundo se comprometem a tomar novas medidas para prevenir os acidentes no trânsito, que matam cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano. Trata-se da nona causa de mortes em todo o mundo. Além disso, os acidentes no trânsito ferem de 20 a 50 milhões de pessoas a cada ano. Em muitos países, os cuidados de emergência e outros serviços de ajuda s vítimas do trânsito são inadequados.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai coordenar os esforços globais ao longo da Década e vai monitorar os progressos a níveis nacional e internacional. A agência também vai oferecer apoio s iniciativas que têm objetivos como a redução do consumo de bebidas alcoólicas por motoristas, o aumento do uso de capacetes, cintos de segurança e a melhoria dos atendimentos de emergência.