• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Bento XVI destaca o “entusiasmo irreprimível” dos jovens em Madri

Veja mais notícias

O papa Bento XVI se disse feliz em sua volta a Itália depois de passar quatro dias em Madri, Espanha. O papa narrou alguns momentos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) para alguns assessores, em sua chegada a Castel Gandolfo.
Bento XVI recordou especialmente o entusiasmo “irreprimível em que os jovens me receberam, principalmente no primeiro dia, na Plaza de Cibeles, e as sua palavras ricas de esperança, um forte desejo de procurar a verdade mas enraizada nela”.
O Santo Padre destacou que a Jornada em Madri “foi uma ocasião especial para refletir, discutir, compartilhar experiências bem sucedidas e, todos rezar juntos e renovar seu compromisso com a raiz suas vidas em Cristo”.
Cada um dos encontros que o papa participou em Madri, guardou uma lembraça especial. Do Monastério de El Escorial, o papa recordou o seu encontro com a juventude religiosa. “Lembrei da beleza da vocação vivida com fidelidade, e a importância do serviço apostólico e seu testemunho profético. Já o encontro com os professores, que estavam esperando no interior do Basílica do Mosteiro, o papa recordou: “Ele são os verdadeiros formadores das novas gerações, orientando a busca da verdade não só com as palavras, mas também com a vida, sabendo que a verdade é mesmo Cristo”.
Sobre a Via Crucis, celebrada na sexta-feira, 19, na Praça de Cibeles, mostrou um pensamento sobre o significado do sofrimento: “A cruz de Cristo dá muito mais do que ela nos exige, dá tudo, porque nos conduz a Deus”.
Seminaristas, jovens com deficiência e voluntários
Atrás deles, três coletivos que mantém uma lembrança especial. Depois do encontro com os seminaristas, Bento XVI expressou seu desejo de que creçam vocações para o sacerdócio. “Eu tenho certeza que em Madrid o Senhor chamou, para a porta do coração, de muitos jovens a segui-lo generosamente no ministério sacerdotal ou na vida religiosa”. O encontro com os jovens enfermos e deficientes, da Fundação San Jose Institute Foundation, recordou como “um grande respeito e amor que todos têm para com todas as pessoas”. O papa também agradeceu aos milhares de voluntários que silenciosamente testemunharam o Evangelho do amor e da vida.
“Intensidade” em Quatro Ventos
Dos atos mais marcantes para o papa, aconteceu no aeródromo de Cuatro Vientos. Na tarde de sábado, 21, durante a Vigília, apontou para uma multidão de jovens, de baixo de chuva e vento, e que em silenciosa adoração de Cristo na Eucaristia, para louvor, ação de graças, orando, pedindo sua ajuda e luz. “No dia seguinte, a missa de encerramento, os jovens manifestaram sua exuberante alegria, celebrando a Palavra do Senhor, para fortalecer sua fé e vida cristã”.
O Santo Padre não queria perder a oportunidade para renovar a sua gratidão para com as autoridades espanholas, instituições, organizações e todos que ofereceram seu apoio e suas orações.
O papa também desejou aos jovens participantes na Jornada Mundial da Juventude em Madrid “trazer ao mundo a alegria do Evangelho com a palavra e uma vida preenchida com obras de caridade.

Fonte:CNBB

Leia mais notícias