• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

“Vive-se como se reza” Sto. Agostinho

Veja mais notícias

No decorrer deste dia queremos pedir a Deus, nosso Senhor a graça de um coração indiviso. Capaz de amá-lo sem divisões ou contradições. Num mundo que sugere posturas diferentes em ambientes diferentes corremos o risco de viver uma espécie de esquizofrenia, onde rezamos de um modo e vivemos de outro. A vida se torna uma mistura de personalidades que não nos deixa chegar ao que realmente somos.

Recuperar nossa dignidade primeira, de criaturas criadas a Imagem e semelhança de Deus, cooperadores na criação, parceiros de Deus na administração de todas as coisas criadas, filhos de Deus reconhecidos por meio do santo batismo, nos faz ir a essência de nossa existência, reconhecendo a necessidade de Deus, o desejo de Deus impresso em nossa alma.

Que este dia seja para nós a oportunidade de cultivarmos uma amor indiviso pelo Senhor, onde nossa oração seja expressão de um amor maior, de uma vida consagrada, oferecida pela causa em que acredita. Sejamos santos tal qual o desejou nosso Senhor ao orientar-nos a sermos perfeitos como o Pai do céu é perfeito. Que nossa oração possa nos alcançar este dom e que a unidade nos faça desejar sempre mais, um mundo melhor, mais justo e fraterno.

Seminarista Bruno César de Almeida Silva, Diocese de Caraguatatuba