• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Palavra do Pastor – Abril/Maio 2012

Veja mais notícias

Queridos Irmãos e amigos !

“ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR” (Fl. 4,4)  !

Essa saudação é a mensagem que o Papa Bento XVI dirigiu aos jovens no Domingo de Ramos celebrando a Jornada Mundial da Juventude 2012 em Roma.  A mensagem dirigida aos jovens quer, nesta Semana Maior e durante todo o tempo Pascal, marcar toda a Igreja, todos os discípulos missionários de todas as idades… pois toda a nossa Fé está fundamentada em uma única e maior certeza :  JESUS CRISTO RESSUSCITOU E ESTÁ NO MEIO DE NÓS !!!

Essa experiência acontece através do mistério do Amor infinito de Deus quando nos envia seu Filho Jesus revelando-nos assim o seu Amor Infinito e Misericordioso por nós.  Jesus nos amou até o fim !  Deu-nos seu corpo e sangue como comida e bebida e,  pela morte de Cruz  deu-nos  a  Vida  e a  Herança eternas  !!!

O Papa faz uma reflexão simples, que inicia no coração dos jovens – coração feito para a felicidade –; mostra em Cristo a sua fonte; e convida a ver a vida como uma arena em que se sente o prazer de viver.

O primeiro desafio é saber responder pergunta: “Onde está a fonte da alegria?”
A proposta do Papa inicia pela Pessoa de Jesus Cristo, porque é nEle que se manifesta de modo pleno aquela verdadeira alegria que o mesmo Deus sente por toda criatura.  O encontro com Jesus é sempre origem de grande alegria interior. Deparamo-nos com essa experiência tanto no ministério de Jesus quanto no momento verdadeiramente crucial da sua Paixão, quando nos últimos momentos da sua vida terrena, mesa com os seus amigos, lhes diz: “Como o Pai me amou , eu também vos amei.  Permanecei no meu amor… Disse-vos estas coisas para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena” (Jo 15,9.11).  A mesma experiência de alegria se conta nos Evangelhos no dia da Ressurreição: “Alegrai-vos!” (Mt 28,8-9).  É a alegria do Cristo Vivente, Vencedor do mal, do pecado e da morte.

Se em Cristo está a fonte, a nossa vida é o espaço da felicidade. O Papa responde segunda pergunta: “Como conservar no coração a alegria cristã?”
O Papa convida sem rodeios os jovens a fazerem uma escolha válida: “Caros Jovens, não tenhais medo de arriscar a vossa vida, abrindo espaços para Jesus Cristo e o seu Evangelho.”

É uma opção que deve ser acompanhada por uma vida de Fé:  “A alegria é fruto da Fé; é reconhecer cada dia a Sua presença, a Sua amizade.” Eis então aqui uma caminhada que se alicerça numa experiência de fé iluminada pela Palavra, alimentada pela Liturgia, pela Celebração Eucarística, pelo Sacramento da penitência, e, enfim, por um compromisso de fazer crescer, na própria existência e na vida da Comunidade, a Comunhão Fraterna. São três propostas que sustentam a verdadeira felicidade.

O Papa em seguida menciona o próximo “Ano da Fé”, que será de auxílio e estímulo.  Apresenta ao mesmo tempo figuras de jovens – Pier Giorgio Frassati e Clara Badano – que souberam viver a alegria com plenitude. O primeiro escreve: “Você me pergunta se eu sou feliz. E como não poderia ser?  Enquanto a Fé me der forças, serei feliz! O católico, todo católico, só pode ser feliz… A finalidade por que fomos criados nos aponta um caminho que, embora possa estar semeado também por muitos espinhos, não é triste: é um caminho alegre. Mesmo quando semeado de dores” (Carta sua irmã Luciana – Turim, 14 de fevereiro de 1925). Clara por sua vez declara: “Foi mesmo um momento de Deus: sofria muito fisicamente, mas a alma cantava” (Carta a Clara Lubich, Sassello, 20 de dezembro de 1989).

O Papa, enfim, exorta os jovens a serem missionários da alegria. Quem segue Cristo não pode ser feliz se os outros não o forem também: a felicidade deve ser partilhada. Mas seja felicidade que brota de uma convicção de fé de que nunca estamos sós, de que Deus nos leva em Suas mãos.

O  Papa cita aos jovens um belo pensamento da Beata Madre Teresa de Calcutá: “A alegria é uma rede de amor com que se cativam as almas”…

Pois bem meus caros Irmãos e amigos, nossa querida Diocese vive dessa certeza!  Somos provados, mas não aniquilados… das provações e dificuldades, a exemplo da experiência de Jesus, pululam os sinais de Graça e Ressurreição !

Comemorando os 13 anos de nossa querida Diocese de Caraguatatuba temos a grande alegria de erigirmos, no próximo dia 14 de abril, mais uma Paróquia:  Dedicada a São José, desmembrada da vetusta e vigorosa Paróquia de São Sebastião. Toma posse no mesmo dia como Pároco o P. Antonio Maria Lopes Chagas, vocação que brotou dessa mesma Comunidade e que por delicadeza da Providência foi palco de sua Ordenação Sacerdotal!  Oxalá cada Comunidade de Fé pudesse sempre fazer sair dela o seu futuro pastor…

A Messe é grande !  Mais uma Paróquia…   Mas a Providência não nos abandona nunca.  Celebraremos os 13 anos da Diocese na Alegria da Ordenação Sacerdotal do Diácono Manuel Leite da Silva e da ordenação diaconal do seminarista Carlos Alberto da Silva.  Como Deus é BOM !  Continuemos a servi-lo sempre na Alegria da certeza da RESSURREIÇÃO !   FELIZ PÁSCOA !!!

                         Em Cristo e no desejo de servir sempre mais e melhor,

                                                                       Dom Antonio Carlos Altieri,sdb

                                                                                 Bispo Diocesano