• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

“No fundo de cada alma há tesouros escondidos que somente o amor pode descobrir”. E. Rod

Veja mais notícias

Muitos afazeres, agitação, excesso de informações e atualizações. Nosso mundo corre, a vida passa e cada dia mais o ser humano tem dificuldade de visitar seu próprio interior. Lá onde estão os mais ricos tesouros da vida; lá onde o misto de alegria e esperança, de força e coragem, de fé e santidade se encontram e se harmonizam. Conhecer-se, saber de suas vontades mais profundas, descobrir os talentos plantados no chão de nossa vida pelo criador são eixos seguros de estabilidade de nosso ser e de pacificação de nossos impulsos.

Reserve para si um tempo para estar na escuta de seu próprio coração. Não tenha medo de deu interior. Ordene-o segundo a Palavra de Cristo. Enfrente seus fantasmas, vença seus vilões e encontre  a mais profunda paz interior, aquela que é responsável pela tranquilização e pacificação de nosso ser, que nos devolve o centro e nos põe na mais íntima relação com Deus, que habita nosso interior. Ao encontrar-se com suas riquezas interiores não se apresse em desfazer-se elas. Partilhe-as com os irmãos mas, não se esqueça que há tesouros que devem ser guardados, são necessários para tornar belo o caminho do viver e fazer reluzir a glória e o esplendor de Deus para que o mundo veja, sinta e perceba: Ressoa e se espalha em toda a terra a glória de Deus, suas riquezas são muitas e insondáveis. Ninguém as pode contar.

Seminarista Bruno César de Almeida Silva, Diocese de Caraguatatuba