• caraguatatuba
  • ilhabela
  • são sebastião
  • ubatuba

Missa de Natal

“A noite, enquanto a cidade sonhava,

No céu a luz de uma estrela brilhava.

E os anjos anunciavam:

“Hoje é Natal, de Jesus !”

 

No dia 24 de Dezembro, já com todas as velas do advento acesas, celebramos junto a nossa comunidade a missa de Natal. Tradição em nossa igreja, as celebrações de Natal são aguardadas com grande afinco por todos nós. Pe. Ernesto, que esta assumindo as celebrações em nossa paróquia enquanto Pe. Julián esta na Colômbia em férias, foi quem presidiu a missa da véspera de natal.

Celebremos o Natal percebendo-o como um tempo de aprofundar, contemplar e assimilar o Mistério da Encarnação do Filho de Deus. No dia 25 de dezembro celebramos a Festa do Natal, que nos recorda o nascimento de Jesus. Mas, como estamos celebrando o Natal? O aspecto meramente comercial e econômico prevalece nas lojas de shopping nas grandes cidades e em todas as vitrines, com as mais variadas ofertas e possibilidades de compras. E assim algumas pessoas vão celebrando os seus natais, enfatizando os aspectos exteriores e comerciais da festa, aproveitando da data para a

exacerbação das vaidades e do esbanjamento.Porém, há uma outra maneira de se celebrar o Natal, cuja preocupação é a de resgatar seu verdadeiro sentido. Aqui a Igreja exerce papel preponderante, passando pelos meandros da liturgia. Faz a diferença quem celebra o Natal colocando o espírito cristão, não se deixando enganar, mas celebrando verdadeiramente o Natal com a certeza de que no coração do Natal está Jesus. Celebremos o Natal, recordando o nascimento de Jesus, e “Jesus não é uma tradição anual, não é um mito, não é uma fábula. Jesus é parte verdadeira da nossa história humana. Celebremos o Natal percebendo-o como um tempo de aprofundar, contemplar e

assimilar o Mistério da Encarnação do Filho de Deus; como tempo de reconciliação, quando devemos afastar de nós o ódio, o rancor, o ressentimento e a inveja; tempo de recuperar os princípios da vida cristã, refletindo o verdadeiro significado do natal, sempre muito evocado, porém pouco meditado; tempo de compreender que Deus armou sua tenda entre nós; o céu desceu  terra. Por amor do Pai fomos contemplados com o maior presente: Jesus na gruta de Belém. Natal é tempo de chegar até os irmãos e irmãs, amigos e amigas, para simplesmente dizer-lhes, tendo Cristo no coração: Feliz Natal!

Extraído do texto de Pe. Ademir Gonçalves, C.Ss.R.

Pastoral da Comunicação